Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Câmara / Notícias / Câmara Municipal de São Lourenço da Mata concede reajuste salarial para servidores efetivos

Câmara Municipal de São Lourenço da Mata concede reajuste salarial para servidores efetivos

por Assessoria Comunicação publicado 16/06/2018 03h16, última modificação 16/06/2018 03h16

A Câmara Municipal de São Lourenço da Mata aprovou, na última sexta-feira (15), aumento salarial para os servidores efetivos da Casa. O reajuste, que começará a valer em janeiro de 2019, foi aprovado pela Mesa Direta, e aprovado antes do recesso parlamentar, que será em julho.

De acordo com o presidente do Legislativo, vereador Denis Alves (PP), o reajuste é fruto de um esforço da Casa para atender os próprios servidores, que já haviam reivindicado o aumento, que há anos não era dado. “Esse aumento enquadrasse no que foi possível ser feito, de acordo com nossa realidade atual”, destacou o presidente.

Com a aprovação, a Lei Municipal nº 2.243/2009, que trata o tema, foi alterada, ganhando uma nova redação. Entre as novas medidas, está a revisão salarial dos servidores efetivos da Câmara Municipal, que será realizada anualmente, até o mês de abril, de cada ano, por meio de lei. Com as alterações, os seguintes cargos começarão a ter os respectivos vencimentos: procurador jurídico (R$ 4.300), tesoureiro, agente administrativo e auditor interno (R$2.051), cada.

Ainda segundo Denis, esta é uma maneira de valorizar os funcionários. “Mais uma vez, a mesa diretora atuou com o entendimento de que sem uma política de valorização dos servidores, as coisas não andam. Reiteramos o compromisso em fazer o que está ao nosso alcance, garantindo não só o reajuste salarial como também melhores condições de trabalho”, disse o chefe do Legislativo.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.

Mídias Sociais

   

Pesquisar no BuscaLeg
Logotipo do BuscaLeg - Buscador Legislativo
Transparência