Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Câmara / Notícias / Teste da Linguinha agora é obrigatório em São Lourenço da Mata

Teste da Linguinha agora é obrigatório em São Lourenço da Mata

por Assessoria Comunicação publicado 23/05/2018 01h31, última modificação 23/05/2018 01h31

A Secretária Municipal de Saúde (SMS) será agora obrigada a realizar o “Teste da Linguinha”, nas crianças nascidas no município. O projeto de Lei nº 024/2018, de autoria do presidente da Câmara Municipal, vereador Denis Alves (PP), foi aprovado por unanimidade, na manhã da última terça-feira (22), durante a 5ª e última sessão do mês de maio.

De acordo com o presidente, o projeto vem suplementar a Lei Federal nº 13.002/14, que já trata o tema. “A matéria também autoriza a Prefeitura realizar parceria com o Projeto de Extensão da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), chamado ‘Língua Solta’, que é gratuito, para capacitar as enfermeiras dos postos de saúde, e do setor de obstetrícia, pediatria e odontologia do Petronila Campos”, explicou Denis.

O projeto, que é pioneiro no Estado, segue agora para sanção do chefe do Executivo, que tem até 15 dias para tornar lei. Caso sancionada, a lei responsabilizará o Hospital e Maternidade Municipal Petronila Campos a realizar o teste nos recém-nascidos. Ainda de acordo com parlamentar, autor do projeto, a lei também garante que na época de vacinação ou campanhas para esse fim, os responsáveis deverão ser orientados a realizarem o teste, se constatado que não tenha sido feito.

Durante a sessão, o presidente também conseguiu apoio dos seus pares para aprovar outro projeto de sua autoria, o “Dia Municipal de Saúde Bucal”, que autoriza o Executivo a celebrar, todo dia 25 de outubro, a data na cidade, com uma semana de atividades voltadas ao tema, denominada “Semana Municipal de Saúde Bucal”. Neste período, deverão ocorrer ações para conscientizar à população sobre os cuidados e prevenção de doenças da boca, além de divulgação com palestras e debates sobre o assunto.

TESTE DA LINGUINHA - O teste consiste na avaliação do frênulo da língua em bebês recém-nascidos para verificar futuros problemas na amamentação, dentição e língua presa. A técnica não causa dor alguma ao bebê. Primeiro, a profissional examina com os dedos o movimento da língua e a posição do frênulo, pele que fica sob o órgão. Em seguida, observa e grava a amamentação da criança, para depois analisar os detalhes. Bebês com alteração no frênulo têm um número menor de sucção e um tempo maior de amamentação, algo em torno de oito a dez segundos. O normal é que essa pausa seja de quatro segundos e que a criança tenha uma quantidade maior de sucção. O diagnóstico precoce possibilita o tratamento imediato e a prevenção dos problemas decorrentes da anquiloglossia, termo científico que designa a anomalia. Os problemas de sucção, por exemplo, podem levar o bebê a ser desmamado antes do tempo certo. (Com informações do Conselho Federal de Odontologia)

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.

Mídias Sociais

   

Pesquisar no BuscaLeg
Logotipo do BuscaLeg - Buscador Legislativo
Transparência