Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Câmara / Notícias / Vereadores se unem para cobrar explicações ao Executivo

Vereadores se unem para cobrar explicações ao Executivo

por Gaby Lapenda publicado 01/04/2017 03h05, última modificação 01/04/2017 03h18

Os vereadores de São Lourenço da Mata se reuniram, na tarde desta sexta-feira (31), na Câmara Municipal, para cobrar explicações da Prefeitura sobre a contratação das empresas: Brasil Comércio, Serviço e Representação Eireline e da Patrick César Cipriano da Silva – ME. Ambas, possuem contrato para prestação de serviços à Prefeitura do município, e segundo os parlamentares, há indícios de irregularidades.

Além de defenderem o trabalho de fiscalizar a aplicação do dinheiro público, os parlamentares também requereram um posicionamento do Executivo, sobre qual cargo ocupa hoje na Prefeitura, o ex-prefeito e pai do atual prefeito, Jairo Pereira. 

Algo reforçado pelo presidente da Casa, vereador Denis Alves (PTN), sobre a importância da separação dos poderes, e da união dos vereadores, tanto de oposição quanto de situação. “Enquanto não compreendermos que o Legislativo deve caminhar de maneira imparcial para o cumprimento de suas obrigações, nunca iremos promover a verdadeira mudança tão esperada pela sociedade. E nós, como representantes do povo, que recebemos essa confiança, devemos honrá-la. Por isso, sou a favor da fiscalização, algo que é nosso dever realizar”, afirmou.

Para o primeiro requerimento, que pede explicações das empresas, assinaram o pedido, os vereadores: Denis Alves (PTN), Antônio Manga (PSB), Leonardo Barbosa (SD), Roco Frutas e Verduras (PP), Irmão Manoel (PR), Cícero Pinheiro (PTB), Rico Gás (PP), Maestro Carlos (PP), Deto de Lages (PP) e Juninho de Muribara (PSB). Já sobre qual cargo ocupa Jairo Pereira, os vereadores da base aliada, Irmão Manoel e Juninho de Muribara, optaram por não assinar.

Na reunião, que foi aberta à imprensa, os comunicadores locais parabenizaram o parlamento pela iniciativa. “Estamos muito felizes e satisfeitos com a forma que está sendo gerido o Legislativo. Testemunhamos hoje um parlamento mais transparente, que busca desempenhar seu papel como órgão fiscalizador, sem se prender aos acordos de governo”, disse o radialista Fausto Neto.

 

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.

Mídias Sociais

   

Pesquisar no BuscaLeg
Logotipo do BuscaLeg - Buscador Legislativo
Transparência